Aceito encomendas de pinturas e desenhos. Entre em contato pelo e-mail: semacucar-porfavor@hotmail.com

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Era maio, Bruna.

comigo-nao



 Me dei conta de que nunca conheci algumas pessoas e enquanto fazia isso, percebi que me conheço muito bem. Mais do que imaginava.
Me dei conta de que ser adulto é tipo ser criança, só que sem poder chorar e resmungar com a mãe toda vez que doer.  Ser adulto também é querer impressionar os amiguinhos, a família e se bobear, os colegas de trabalho também. Quanta pose. Tudo bem, presumo. Pelo menos aquela fase de fumar no ensino médio para parecer mais velho passou.
 Embora minha vida não seja lá tão organizada, as pessoas gostam de pedir uma opinião. E au adoro falar sobre sentimentos. O assunto é jogo de futebol, e então, estamos falando de amor. O assunto é o clima de São Paulo e então, estamos falando de destino. Acho que pessoas que escrevem geralmente são ótimas conselheiras, né? Eu, por exemplo, sempre que termino um bom livro tenho vontade de pegar o telefone e ligar pro autor só para saber o que ele faria da minha vida se eu fosse um dos seus personagens.
 Por fim, cheguei a uma conclusão. Antes do dia 31, aliás. Andar descalço faz mal. Ficar sem almoço também. Mas o que machuca mesmo é a saudade, o arrependimento e o que nós fazemos com nossa própria mente. Não é o que dizem, é o que pensamos sobre o que dizem. Porque quando estamos em paz, nada disso importa tanto assim.
Escrito por: Bruna Vieira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Deixe sua opinião e fique a vontade para dar sugestões sobre o que postar. Volte sempre!